Por Sofia Wu

A surdez é uma condição caracterizada pela perda parcial (em um ouvido) ou total (em ambos) da audição de um indivíduo. Desse modo, são três as vertentes levadas em conta para a classificação da hipoacusia: tipo (referente ao local afetado do sistema auditivo), grau (se é leve, moderada, severa ou profunda) e lateralidade (se está em um lado ou nos dois). Com isso, falaremos hoje sobre cada tipo de surdez, quais os locais acometidos e como ocorrem.

Surdez de condução ou transmissão

A surdez condutiva, como também é chamada, possui este nome, pois sua perda auditiva dá-se devido ao bloqueio ou algum dano que esteja impedindo a condução ou transmissão eficiente do som até a cóclea, o principal órgão auditivo existente. Ademais, a condição afeta os ouvidos externos e/ou médios e os motivos podem ser em decorrência de tumores, rompimento do tímpano, infecções de ouvido ou acúmulo de sujeira, como cera de ouvido. A depender do caso, por exemplo, se é permanente ou temporária, a surdez condutiva pode ser revertida por meio de operações cirúrgicas ou do uso de medicamentos.

Surdez sensorioneural ou de percepção

Ao contrário da condutiva, na surdez neurossensorial, também sensorioneural ou de percepção, a passagem de som acontece sem obstáculos, porém as vibrações sonoras não são transformadas em estímulos nervosos, não havendo, consequentemente, a chegada destes ao cérebro, mais especificamente no córtex. Logo, a surdez sensorioneural é caracterizada, neste caso, por alguma alteração na cóclea e a condição afeta os ouvidos internos. As causas podem ser em decorrência de doenças genéticas ou tumores, exposição a som muito alto, degeneração das células auditivas devido à idade, doenças circulatórias ou metabólicas, como pressão alta ou diabetes, por exemplo. Usualmente, os resultados da surdez de percepção podem ser perda auditiva gradual ou lenta e seu tipo é a que mais ocorre em todo o mundo.

Surdez mista

Como o próprio nome diz, é a soma entre dois tipos: a condutiva e a sensorioneural, descobertas no ouvido externo e/ou médio e interno, respectivamente. Vale relembrar que a surdez de condução ocorre pela não correta transmissão do som até a cóclea, ao passo que a surdez sensorioneural sucede-se pela não chegada de estímulos nervosos à região cerebral.

Surdez neural ou retrococlear

A surdez retrococlear dá-se nos casos em que o nervo auditivo encontra-se danificado ou ausente sendo, portanto, uma condição permanente e profunda. Uma vez que o nervo da audição está danificado ou inexistente, não há caminho para que informações sonoras possam chegar até o cérebro.

Surdez central

A surdez central, por sua vez, não caracteriza-se, de fato, como uma perda auditiva, não obstante ela abrange a etapa do processamento da informação sonora, que vem a ter diferentes graus de complicações. O encadeamento da informação sonora no tronco cerebral (SNC ou Sistema Nervoso Central), para quem é portador deste tipo de surdez, vê-se com alterações em seus mecanismos.

Saber mais sobre a surdez e os seus diferentes tipos colabora para que tenhamos mais conhecimento e nos informemos, nem que seja um pouco, acerca desse universo tão vasto e ainda pouco falado em nossa sociedade cujo cinco por cento, da população brasileira, é composto por pessoas surdas, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística, o IBGE, divulgados em 2020 pelo G1.

Referências das informações

• BABUSHKA, Agência. Surdez: tipos, sinais e inclusão. Disponível em: https://www.centralnacionalunimed.com.br/viver-bem/saude-em-pauta/surdez-tipos-sinais-e-inclusao. Acesso em: 10 nov. 2021.

• CUIDAR, Mais que. Quais os tipos de deficiência? Física, mental, visual ou auditiva. Disponível em: https://www.maisquecuidar.com/tipos-de-deficiencia. Acesso em: 10 nov. 2021.

• DANONE. Por cada indivíduo, de todas as idades, com prazer! Disponível em: http://pcddiversidade.danone.com.br/blog/danone-manifesto. Acesso em: 10 nov. 2021.

• LETRA, Pedagogia ao pé da. Os tipos de deficiência. Disponível em: https://pedagogiaaopedaletra.com/tipos-de-deficiencia/. Acesso em: 10 nov. 2021.

• MOREIRA, Dr. Luciano. Tipos de Surdez. Disponível em: https://portalotorrino.com.br/tipos-graus-de-surdez/. Acesso em: 10 nov. 2021.

• MOREIRA, Paula Pfeifer. Tipos de surdez: condutiva, neurossensorial e mista. Disponível em: https://cronicasdasurdez.com/tipos-de-surdez-condutiva-neurossensorial-e-mista/. Acesso em: 10 nov. 2021.

• ANTONIO, Rosa Maria Rodriguez. Surdez: o que é, tipos, causas e tratamento. Disponível em: https://www.tuasaude.com/causas-da-surdez/. Acesso em: 10 nov. 2021.

• MARANHÃO, Dr. André S. de Albuquerque. Surdez: principais causas e tipos. Disponível em: https://cdo.com.br/surdez-principais-causas-e-tipos/. Acesso em: 10 nov. 2021.

• MEDEL. Tipos de perda auditiva. Disponível em: https://www.medel.com/pt-br/about-hearing/types-of-hearing-loss. Acesso em: 10 nov. 2021.

• FIOCRUZ. Deficiência Auditiva. Disponível em: http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/deficiencia-auditiva.htm. Acesso em: 10 nov. 2021.

• UBM. População brasileira é composta por mais de 10 milhões de pessoas surdas. Disponível em: https://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/especial-publicitario/ubm/conhecimento-transforma/noticia/2020/02/12/populacao-brasileira-e-composta-por-mais-de-10-milhoes-de-pessoas-surdas.ghtml. Acesso em: 10 nov. 2021.