Por Daniel César e Natália Marques

Todas as imagens desse artigo possuem texto alternativo com a audiodescrição resumida (#pracegover).

Quem não se lembra dos filmes da “sessão da tarde” que assistimos quando éramos crianças? Ou dos desenhos que foram eternizados em nossas memórias, tanto pela arte gráfica, quanto pelas vozes inesquecíveis? Se não fossem essas vozes, não entenderíamos nada naquela época. A dublagem nos auxiliou e continua nos auxiliando, até hoje. Ela é uma das formas de se usar a voz para tornar materiais audiovisuais acessíveis

Dublagem e Acessibilidade

Pela última pesquisa do IBGE, o número de analfabetos brasileiros chega a 11,8 milhões. Isso quer dizer que produtos audiovisuais legendados não podem ser consumidos por grande parte da população — fora as crianças que ainda não chegaram à idade de alfabetização, e, portanto, têm de consumir produtos dublados. 

Além da dublagem, que é a substituição da voz original em outro idioma pela voz e interpretação de um ator no idioma nacional, temos também o voice-over e a audiodescrição.

Apesar do foco deste post ser a dublagem, explicaremos um pouco dessas outras modalidades. No voice-over, ao contrário da dublagem, as vozes dos atores são gravadas sobre a faixa de áudio original, que pode ser ouvida em segundo plano. Sendo assim, não é necessário o “Lipsync”, ou seja, o sincronismo labial. O uso desse método é muito comum em documentários ou entrevistas de estrangeiros. 

Já a audiodescrição é uma faixa narrativa adicional, voltada para pessoas com deficiência visual, intelectual, dislexia e idosos, consumidores de meios de comunicação visual (televisão, cinema, dança, ópera e artes visuais). A audiodescrição pode ser gravada ou ao vivo.

Essa é outra acessibilidade em que a dublagem entra como aliada: para uma pessoa com deficiência visual, os materiais têm de estar dublados e em sintonia com a audiodescrição.

Como uma Pessoa se Torna Dublador?

O primeiro passo para se tornar um dublador deve ser a escola de teatro, pois todo dublador deve ser ator em primeiro lugar; precisa-se de um DRT (registro de ator profissional) para iniciar essa jornada.

#PraCegoVer Audiodescrição resumida: Fotografia de fundo branco. Ao centro, dois bonecos dos Minions, Stuart e Kevin são bonecos amarelos, de formato alongado e com a cabeça arredondada. Eles usam macacão jeans, óculos redondos prateados, luvas e botas pretas. Eles estão de mãos dadas e sorriem.

Hoje em dia, alguns estúdios de dublagem oferecem cursos para aqueles que se interessam por essa carreira, onde é possível vivenciar a experiência de dublar, entrando em contato com diversos conteúdos audiovisuais, como filmes, séries, documentários e games, em idiomas variados.

Após essas certificações, a jornada da sonhada “escala” — chamada para dublar algum personagem — começa. Com muitas visitas a estúdios e networking, vai se chegando mais perto do objetivo. 

É importante sempre manter a voz afiada, com exercícios de técnica vocal e acompanhamento do profissional fonoaudiólogo. Além da voz ser o instrumento de trabalho de um dublador, devendo estar sempre bem cuidada, nunca se sabe o que irá dublar. Sempre é uma surpresa. Podemos pegar um personagem que seja muito desafiador e, para oferecer um trabalho de qualidade, devemos estar preparado.

Qual a importância da dublagem? 

A anos, programas e filmes estrangeiros estão presentes na nossa programação de TV e cinema. Nem todos compreendem o idioma estrangeiro e, se compreendem, muitas vezes não são fluentes. 

A dublagem vem para nos aproximar desses conteúdos de uma forma natural. Ao fazer a tradução para dublagem, o profissional responsável, que é o tradutor, deve fazer uma pesquisa profunda que contemple toda a complexidade do material. 

Como assim? Imagine que o produto é um filme sobre uma famosa boate dos anos 70. Uma das pesquisas linguísticas será levantar as gírias usadas naquela época. Porque se usarmos as de hoje, ficará fora de contexto. Esse processo faz com que, quando assistirmos a um filme bem traduzido e com uma dublagem de qualidade, nem percebamos que é estrangeiro. Parece que foi feito para o nosso idioma.

Com o crescimento de canais streaming e de conteúdos sendo produzidos a todo tempo, a dublagem será cada vez mais necessária. Além de outros produtos onde ela está constantemente inserida, como o mundo dos games. 

Existem muitas discussões sobre o que é melhor: filmes dublados ou legendados; são diversos pontos de vista e argumentos diferentes. Comente qual sua preferência e sua experiência com esses produtos, como games, por exemplo. Como foi jogar um jogo dublado? Será um prazer saber.