Por Letícia Alves

Todas as imagens desse artigo possuem texto alternativo com a audiodescrição resumida (#pracegover).

O cinema é a arte da imagem e do som, dos efeitos e das histórias fantásticas que cativam a qualquer um e quando o assunto é inclusão social ele vem se adequando e aderindo ao uso de novas ferramentas para ser cada vez mais acessível. Com o objetivo de tornar o acesso à cultura um direito universal e totalmente inclusivo, a Lei 13.146 de 6 de julho de 2015 impõe que cinemas e teatros disponham de serviços como audiodescrição, legendagem, closed caption e janela de Libras para o usuário, que não só facilitam o acesso de portadores de deficiências auditivas e visuais, mas também auxiliam na compreensão de pessoas com síndromes e déficits de aprendizado. 

Além de ser acessível e usar a tecnologia a seu favor, saber contar histórias de portadores de necessidades especiais de forma correta, que não fira a dignidade, nem acrescente estereótipos e que realmente gere uma perceptibilidade visando a empatia, é primordial. Pensando nisso, nós do ClickInclusão fizemos um top 10 de filmes que são esclarecedores para o melhor entendimento das dificuldades que passam as pessoas com tais limitações.

1.A Família Bélier (FRA/2014).

Entre os Bélier, apenas Paula (Louane Emera), a filha mais velha, escuta e fala perfeitamente. Ela é uma típica adolescente francesa que descobre na música um dom e a possibilidade de integrar uma escola de música prestigiosa de Paris, mas como cuida da administração da fazenda e da família, ela se vê diante de um dilema: seguir para a capital em busca de seu sonho ou permanecer no campo ao lado da família? 

2. Um Lugar Silencioso (EUA/2018).

O longa de John Krasinski conta a história de uma terra pós-apocalíptica que foi destruída por criaturas vindas de outro planeta. Em meio ao caos e destruição, a família Abbott, que é composta pelo pai (John Krasinski), pela mãe que está grávida (Emily Blunt), pelo filho mais novo (Noah Jupe) e pela filha mais velha (Millicent Simmonds) – que é surda -, busca meios de sobreviver em um novo mundo onde o silêncio é a única coisa que os prende à vida.

#PraCegoVer Audiodescrição Resumida. Foto do filme "Um Lugar Silencioso". Em um campo aberto, uma menina e um homem estão frente a frente. Ela faz um sinal com ambas as mãos. O homem está ajoelhado e olha fixamente para a menina.

      3. Hoje eu quero voltar sozinho (BRA/2014).

Nesta produção nacional, um rapaz cego busca independência e autonomia para lidar com as grandes descobertas da juventude, ao mesmo tempo que tenta escapar da superproteção da mãe.

      4. Dançando no Escuro (DK/2000).

O polêmico filme de Lars Von Trier conta a história de Selma (Bjork), uma imigrante tcheca, portadora de uma doença hereditária que a deixou cega, que se muda para os Estados Unidos a fim de conseguir uma cirurgia para seu filho de 12 anos antes que ele perca a visão também.

      5. Tudo Que Quero (EUA/2017).

Interpretada por Dakota Fanning, Wendy, uma escritora, fã de Star Trek, que está dentro do espectro autista, sonha em participar de uma competição de roteiro. Com o seu pequeno cão e algum dinheiro, ela parte em uma aventura repleta de desafios e surpresas em busca de conseguir entregar seu roteiro a tempo.

      6. Rain Man (EUA/1989).

Charlie Babbit (Tom Cruise) é um ambicioso vendedor de carros que recebe a notícia da morte repentina de seu pai. Na divisão do testamento, Charlie conhece Raymond (Dustin Hoffman), seu irmão autista e com grandes habilidades matemáticas, que herdou a maior parte da herança. 

#PraCegoVer Audiodescrição resumida: Fotografia do filme “Rain Man”. No centro, há dois homens sentados com a testa encostada na testa do outro. À esquerda, o homem de pele branca e cabelos loiros; ele usa um terno preto, uma camisa branca e olha para baixo. À direita, o homem de pele branca e cabelos castanhos; ele usa um terno cinza, uma camisa branca, gravata vermelha e olha para cima.

      7.  Mary & Max – Uma Amizade Diferente (AUS/2009).

Essa animação australiana conta a história de Mary, uma garotinha solitária, e Max, um homem portador de Síndrome de Asperger que assim como Mary, também é recluso. Um dia Mary encontra o endereço de Max em uma lista do correio de Nova Iorque e decide escrever uma carta para ele contando um pouco de sua vida, A partir daí, os dois desenvolvem uma forte amizade que transcorre de acordo com os altos e baixos da vida.

     8. Uma Lição de Amor (EUA/2001).

O filme conta a história de Sam Dawson (Sean Penn), um homem com deficiência intelectual, pai de Lucy (Dakota Fanning), que quando completa 7 anos, começa a ultrapassar a intelectualidade de seu pai. Correndo o risco de perder a guarda de Lucy, Sam entra em uma disputa jurídica em que se discute o papel de pai e da responsabilidade que ele pode ter sobre a filha.

     9. Colegas (BRA/2012).

Essa comédia brasileira conta a história de três amigos portadores de Síndrome de Down, Stallone, Aninha e Márcio, que fogem do instituto onde vivem para realizar o sonho individual de cada um.

#PraCegoVer Audiodescrição resumida: Fotografia do filme “O Escafandro e a Borboleta”. Em uma praia, uma mulher está em pé atrás de um homem, que está sentado em uma cadeira de rodas. A mulher possui pele branca, cabelos loiros presos e usa roupas de frio. O homem usa um óculos de grau, uma touca e está coberto com uma manta xadrez. Ao fundo há um mar e um céu acinzentado.

     10. O Escafandro e a Borboleta (FRA/2007).

Aos 43 anos, Jean-Dominic Bauby (Mathieu Amalric) sofre um grave AVC que o deixa paralisado e dependente. A única coisa que ele é capaz de mover é o olho esquerdo, então ele aprende a se comunicar piscando e escreve um livro de memórias.